Central de Atendimento (11) 3580-1000

Notícias

22ª FEBRACE: CRT-SP incentivando a criatividade e a inovação

  • 23 de março de 2024

CRT-SP participa de uma das principais feiras de ciência e tecnologia do país, seleciona projetos técnicos e atribui menção honrosa aos alunos idealizadores com seus respectivos orientadores

22ª FEBRACE, realizada de 18 a 22 de março de 2024, na Escola Politécnica da USP  

Com um recorde de 2900 projetos inscritos na primeira fase e 226 finalistas, a 22ª Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), realizada no período de 18 a 22 de março de 2024, superou as expectativas. Promovida pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) e organizada pelo Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico (LSI-TEC), é considerada uma das principais exposições pré-universitárias de ciência, tecnologia e inovação do país, e tem como objetivo “estimular a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo na educação básica e técnica, despertando novas vocações nessas áreas e induzindo práticas pedagógicas inovadoras nas escolas”.

Essa visão vai ao encontro das iniciativas do Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP, que organizou uma curadoria para analisar os projetos técnicos finalistas. Composto por Adevandro Benedito Olmeda (conselheiro e professor de curso técnico), Fabiana Herculano Moraes (gerente de novos projetos e inovação) e Ademir Alves do Amaral (gerente de escritórios descentralizados) – responsável também pelas palestras orientativas nas escolas técnicas –, nos primeiros dias de evento o grupo “garimpou” os projetos, ouviu explicações dos alunos e conversou com os orientadores e coorientadores – orgulhosos de seus “pupilos”. “É sempre importante e prazeroso fazer valer a representação acadêmica junto aos eventos voltados para o desenvolvimento dos futuros profissionais”, postou Adevandro Benedito Olmeda numa popular rede social. Ao final da matéria, uma síntese dos projetos selecionados pelo CRT-SP, merecedores de menção honrosa.

Curadoria do CRT-SP analisando os projetos: Adevandro Benedito Olmeda, Fabiana Herculano Moraes e Ademir Alves do Amaral

Presidente do CRT-SP, Gilberto Takao Sakamoto também visitou a 22ª FEBRACE e afirmou estar impressionado com a qualidade e o dinamismo com que os alunos apresentam os projetos. “Todos são espetaculares, mas nossa equipe selecionou alguns que são mais diretamente relacionados com o meio técnico, que está presente em todas as áreas e setores”, resume.

Presidente Gilberto Takao Sakamoto, conhecendo os projetos escolhidos pela curadoria do CRT-SP 

 

Faça curso técnico! – Diretor administrativo do CRT-SP, Welington Guilherme Rezende ministrou a palestra “A Importância da Formação Técnica” para um auditório repleto de alunos e orientadores, explanando sobre as vantagens de fazer cursos técnicos, com opções em mais de 90 modalidades diferentes – eletrotécnica, mecânica, edificações, entre tantas outras –, que geram oportunidades em praticamente todos os setores e – no ambiente da 22ª FEBRACE – incentivam a criatividade e a inovação. “É a forma mais eficaz de aprender coisas práticas e específicas sobre uma profissão que você tem interesse”, traz a apresentação. E outra: comprovadamente, o curso técnico é o caminho mais curto para o mercado de trabalho formal; pois, as pesquisas indicam que os profissionais com formação técnica têm 81% mais chances de conseguir emprego.

Embora a apresentação seja mais direcionada aos alunos, a formação técnica é para todos que anseiam por uma profissão regulamentada e em qualquer fase da vida. Daí, a importância do CRT-SP, como órgão orientador, disciplinador e fiscalizador da profissão. Ao final da palestra, os alunos tiveram acesso, via QR Code, à cartilha Projeto Divulga Técnico e Guia dos Futuros Técnicos, elaborado com o intuito de despertar interesse e amentar o número de matrículas em cursos técnicos regulares, que também podem ser realizados concomitantemente ao ensino médio. “Um professor me questionou se o CRT-SP dá atenção, por exemplo, às pessoas com deficiência. A inserção desses públicos também faz parte da nossa cultura organizacional, com oportunidades de trabalho no ambiente interno, seguindo estritamente o que rege a legislação, ou no ambiente externo; ou seja, no campo de trabalho técnico”, explica o palestrante.

Palestra “A Importância da Formação Técnica”, ministrada por Welington Guilherme Rezende 

 

Cerimônia de encerramento – O encerramento da 22ª FEBRACE, em 22 de março de 2023, consagrou vários projetos monitorados por instituições de ensino técnico; entre os quais, o apresentado pelos alunos Laura Esther Correia Jeronimo, Pedro Nicolas Costa e Raíssa Bespalec Daloia, da ETEC Professora Maria Cristina Medeiros de Ribeirão Pires: Rastreamento do Movimento Ocular Utilizando Visão Computacional para Auxílio na Comunicação de Pacientes com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) – doença degeneração progressiva das células nervosas do cérebro, responsáveis pelo controle dos movimentos voluntários –, com um honroso terceiro lugar. Esse também foi um dos projetos selecionados pela curadoria do CRT-SP e agraciado com certificado de menção honrosa, entregue pelo diretor administrativo, Welington Guilherme Rezende. “Foi uma surpresa e um grande incentivo sermos escolhidos em meio a tantos projetos maravilhosos. Esses prêmios motivam os jovens a seguirem na ciência”, agradece Raíssa Bespalec Daloia.

Para a coordenadora geral, Roseli de Deus Lopes, todos os participantes estão de parabéns pelos projetos desenvolvidos com preocupação ambiental, social e de gestão. “Com pessoas como vocês na liderança, teremos um país melhor”, sintetiza a doutora em engenharia elétrica e livre docente da Escola Politécnica da USP.

Acompanhe os cinco melhores projetos, na análise da curadoria do CRT-SP, também merecedores de menção honrosa:

AID HEALTH DIABETICS: SISTEMA PORTÁTIL PARA REFRIGERAÇÃO DE INSULINA

Alunas: Giovana Rocha dos Santos e Letícia Petitto

Orientador: Edson Anício Duarte

Coorientador: João Alexandre Bortoloti

Instituição: Instituto Federal de São Paulo (Campinas)

Alunas e orientador do IFSP de Campinas, premiados pelo CRT-SP

Com a palavra, as alunas: “Nosso projeto surgiu quando uma professora relatou as dificuldades de uma tia em transportar medicamentos, tendo assim complicações de saúde. Desenvolvemos um sistema portátil de refrigeração para insulina, que precisa ser mantida na temperatura de 2 a 8 graus. Ao contrário das caixas de isopor, que não trazem segurança, nosso sistema funciona por meio de um controle de Led, som e até mesmo monitoramento por inteligência artificial, para que as pessoas com diabetes não percam o medicamento, que é bem caro”.

 

 

AID TECH! DISPOSITIVO MICROCONTROLADO DE AUXÍLIO A ACAMADOS UTILIZANDO O PROTOCOLO DE MANCHESTER

Alunas: Gabrielly Andrade Garcia Rodrigues, Isadora Alves dos Santos e Maira Beatriz Linhares

Orientador: Edson Anício Duarte

Coorientador: João Alexandre Bortoloti

Instituição: Instituto Federal de São Paulo (Campinas)

Alunas e orientador do IFSP de Campinas recebem certificado de menção honrosa do CRT-SP

Com a palavra, as alunas: “Nosso projeto é para viabilizar e melhorar a comunicação entre pessoas idosas e acamadas com seus cuidadores, utilizando o Protocolo de Manchester – sistema mundial adotado em hospitais e serviços de saúde para agilizar atendimentos –, com a definição de três cores: urgente (vermelho), pouco urgente (laranja) e não urgente (verde). Para isso, a gente desenvolveu duas bases: transmissora, que fica com a pessoa acamada, com níveis de urgência para que ela solicite ajuda por meio de uma sinalização visual e sonora para a base receptora”.

 

DESENVOLVIMENTO DA AUTOMATIZAÇÃO COM IOT DA HORTIF: HORTA COMUNITÁRIA DO IFSP/RGT

Alunos: Yan Gabriel de Oliveira Albuquerque, Murilo Gomes de Camargo e Murilo de Oliveira Lima

Orientador: Raphael de Abreu Alves e Silva

Coorientador: Rodrigo Andrade da Cruz

Instituição: Instituto Federal de São Paulo (Registro)

Aluno e orientador do IFSP de Registro recebem certificado de menção honrosa do CRT-SP

Com a palavra, o aluno: “Esse projeto visa diminuir a desigualdade tecnológica entre os grandes produtores, que tem dinheiro para custear equipamentos, com os pequenos, que talvez  não disponham de muito orçamento. Parte do princípio de uma rede de sensores que consegue captar a grandeza da hora, e decidir o momento adequado para a irrigação; tudo conectado a uma plataforma pela internet, pela qual é possível gerenciar o equipamento mesmo a longas distâncias.”

 

RASTREAMENTO DO MOVIMENTO OCULAR UTILIZANDO VISÃO COMPUTACIONAL PARA AUXÍLIO NA COMUNICAÇÃO DE PACIENTES COM ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA (ELA)

Alunos: Laura Esther Correia Jeronimo, Pedro Nicolas Costa e Raíssa Bespalec Daloia

Orientador: Anderson Silva Vanin

Coorientadora: Cintia Maria de Araújo Pinho

Instituição: ETEC Professora Maria Cristina Medeiros (Ribeirão Pires)

Alunos e orientadores da ETEC Professora Maria Cristina Medeiros, de Ribeirão Pires, premiados pelo CRT-SP

Com a palavra, os alunos:Realizamos pesquisas e descobrimos que já existem ferramentas para isso, mas são extremamente caras; então, nosso projeto é para ser mais acessível e mais barato. Por rastreamento ocular, conseguimos rastrear o movimento dos olhos para realizar uma digitalização por meio de um tecado virtual, no qual o paciente seleciona as letras que vão passando e a frase é redigida”.

Considerando que o CRT-SP defende a igualdade de gênero e maior participação do universo feminino em todas as áreas e setores sociais, também foi selecionado o projeto abaixo:

RASTREAMENTO TERRITORIAL DO DREAM GAP NA CIDADE DE SÃO PAULO: O AFASTAMENTO PROGRESSIVO DE MENINAS DAS ÁREAS DE STEM

Aluna: Erika Oliveira Almeida

Orientador: Ednilson Aparecido Quarenta

Coorientadora: Kamylla Gontijo de Melo

Instituição: Escola Alef Peretz – Unidade Paraisópolis (São Paulo)

Aluna e orientador da Escola Alef Peretz – Unidade Paraisópolis recebem certificado de menção honrosa do CRT-SP

Com a palavra, a aluna: “Meu trabalho é sobre o afastamento gradativo de meninas de algumas áreas STEM – ciência, tecnologia, engenharia e matemática –, por meio do rastreamento do movimento em que o estereótipo de gênero incide sobre meninas da cidade de São Paulo, fazendo que elas se afastem dessas áreas específicas – fenômeno que chamamos de dream gap. A partir da adaptação de uma metodologia, aplicamos experimentos para descobrir como se comporta ao longo do desenvolvimento das meninas, apurando que é, possivelmente, aos 7 anos de idade; e que acontece de maneira progressiva. Para reverter, é necessária a produção de materiais que tragam o dream gap à pauta para ser tratado no sistema educacional.”

As fotos da 22ª FEBRACE estarão disponíveis na galeria de imagens do site www.crtsp.gov.br.

Texto: JD Morbidelli

 

 

 

 

Últimas notícias

Inauguração da nova sede do CRT-04, em Florianópolis

CRT-SP é representando por Gilberto Takao Sakamoto e Rubens dos Santos, presidente e diretor de fiscalização e normas (mais…)
Ler mais...

Nova reunião na PRODAM-SP

CRT-SP e PRODAM-SP dão mais um passo importante para equacionar um problema enfrentado pelos técnicos (mais…)
Ler mais...

Se tem serviços em condomínio, chame um técnico

Com qualidade, segurança e emissão do TRT, profissionais técnicos habilitados podem executar legalmente a grande maioria dos serviços em condomínios residenciais e comerciais (mais…)
Ler mais...

22ª FEBRACE: CRT-SP incentivando a criatividade e a inovação

  • 23 de março de 2024

CRT-SP participa de uma das principais feiras de ciência e tecnologia do país, seleciona projetos técnicos e atribui menção honrosa aos alunos idealizadores com seus respectivos orientadores

22ª FEBRACE, realizada de 18 a 22 de março de 2024, na Escola Politécnica da USP  

Com um recorde de 2900 projetos inscritos na primeira fase e 226 finalistas, a 22ª Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), realizada no período de 18 a 22 de março de 2024, superou as expectativas. Promovida pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) e organizada pelo Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico (LSI-TEC), é considerada uma das principais exposições pré-universitárias de ciência, tecnologia e inovação do país, e tem como objetivo “estimular a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo na educação básica e técnica, despertando novas vocações nessas áreas e induzindo práticas pedagógicas inovadoras nas escolas”.

Essa visão vai ao encontro das iniciativas do Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP, que organizou uma curadoria para analisar os projetos técnicos finalistas. Composto por Adevandro Benedito Olmeda (conselheiro e professor de curso técnico), Fabiana Herculano Moraes (gerente de novos projetos e inovação) e Ademir Alves do Amaral (gerente de escritórios descentralizados) – responsável também pelas palestras orientativas nas escolas técnicas –, nos primeiros dias de evento o grupo “garimpou” os projetos, ouviu explicações dos alunos e conversou com os orientadores e coorientadores – orgulhosos de seus “pupilos”. “É sempre importante e prazeroso fazer valer a representação acadêmica junto aos eventos voltados para o desenvolvimento dos futuros profissionais”, postou Adevandro Benedito Olmeda numa popular rede social. Ao final da matéria, uma síntese dos projetos selecionados pelo CRT-SP, merecedores de menção honrosa.

Curadoria do CRT-SP analisando os projetos: Adevandro Benedito Olmeda, Fabiana Herculano Moraes e Ademir Alves do Amaral

Presidente do CRT-SP, Gilberto Takao Sakamoto também visitou a 22ª FEBRACE e afirmou estar impressionado com a qualidade e o dinamismo com que os alunos apresentam os projetos. “Todos são espetaculares, mas nossa equipe selecionou alguns que são mais diretamente relacionados com o meio técnico, que está presente em todas as áreas e setores”, resume.

Presidente Gilberto Takao Sakamoto, conhecendo os projetos escolhidos pela curadoria do CRT-SP 

 

Faça curso técnico! – Diretor administrativo do CRT-SP, Welington Guilherme Rezende ministrou a palestra “A Importância da Formação Técnica” para um auditório repleto de alunos e orientadores, explanando sobre as vantagens de fazer cursos técnicos, com opções em mais de 90 modalidades diferentes – eletrotécnica, mecânica, edificações, entre tantas outras –, que geram oportunidades em praticamente todos os setores e – no ambiente da 22ª FEBRACE – incentivam a criatividade e a inovação. “É a forma mais eficaz de aprender coisas práticas e específicas sobre uma profissão que você tem interesse”, traz a apresentação. E outra: comprovadamente, o curso técnico é o caminho mais curto para o mercado de trabalho formal; pois, as pesquisas indicam que os profissionais com formação técnica têm 81% mais chances de conseguir emprego.

Embora a apresentação seja mais direcionada aos alunos, a formação técnica é para todos que anseiam por uma profissão regulamentada e em qualquer fase da vida. Daí, a importância do CRT-SP, como órgão orientador, disciplinador e fiscalizador da profissão. Ao final da palestra, os alunos tiveram acesso, via QR Code, à cartilha Projeto Divulga Técnico e Guia dos Futuros Técnicos, elaborado com o intuito de despertar interesse e amentar o número de matrículas em cursos técnicos regulares, que também podem ser realizados concomitantemente ao ensino médio. “Um professor me questionou se o CRT-SP dá atenção, por exemplo, às pessoas com deficiência. A inserção desses públicos também faz parte da nossa cultura organizacional, com oportunidades de trabalho no ambiente interno, seguindo estritamente o que rege a legislação, ou no ambiente externo; ou seja, no campo de trabalho técnico”, explica o palestrante.

Palestra “A Importância da Formação Técnica”, ministrada por Welington Guilherme Rezende 

 

Cerimônia de encerramento – O encerramento da 22ª FEBRACE, em 22 de março de 2023, consagrou vários projetos monitorados por instituições de ensino técnico; entre os quais, o apresentado pelos alunos Laura Esther Correia Jeronimo, Pedro Nicolas Costa e Raíssa Bespalec Daloia, da ETEC Professora Maria Cristina Medeiros de Ribeirão Pires: Rastreamento do Movimento Ocular Utilizando Visão Computacional para Auxílio na Comunicação de Pacientes com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) – doença degeneração progressiva das células nervosas do cérebro, responsáveis pelo controle dos movimentos voluntários –, com um honroso terceiro lugar. Esse também foi um dos projetos selecionados pela curadoria do CRT-SP e agraciado com certificado de menção honrosa, entregue pelo diretor administrativo, Welington Guilherme Rezende. “Foi uma surpresa e um grande incentivo sermos escolhidos em meio a tantos projetos maravilhosos. Esses prêmios motivam os jovens a seguirem na ciência”, agradece Raíssa Bespalec Daloia.

Para a coordenadora geral, Roseli de Deus Lopes, todos os participantes estão de parabéns pelos projetos desenvolvidos com preocupação ambiental, social e de gestão. “Com pessoas como vocês na liderança, teremos um país melhor”, sintetiza a doutora em engenharia elétrica e livre docente da Escola Politécnica da USP.

Acompanhe os cinco melhores projetos, na análise da curadoria do CRT-SP, também merecedores de menção honrosa:

AID HEALTH DIABETICS: SISTEMA PORTÁTIL PARA REFRIGERAÇÃO DE INSULINA

Alunas: Giovana Rocha dos Santos e Letícia Petitto

Orientador: Edson Anício Duarte

Coorientador: João Alexandre Bortoloti

Instituição: Instituto Federal de São Paulo (Campinas)

Alunas e orientador do IFSP de Campinas, premiados pelo CRT-SP

Com a palavra, as alunas: “Nosso projeto surgiu quando uma professora relatou as dificuldades de uma tia em transportar medicamentos, tendo assim complicações de saúde. Desenvolvemos um sistema portátil de refrigeração para insulina, que precisa ser mantida na temperatura de 2 a 8 graus. Ao contrário das caixas de isopor, que não trazem segurança, nosso sistema funciona por meio de um controle de Led, som e até mesmo monitoramento por inteligência artificial, para que as pessoas com diabetes não percam o medicamento, que é bem caro”.

 

 

AID TECH! DISPOSITIVO MICROCONTROLADO DE AUXÍLIO A ACAMADOS UTILIZANDO O PROTOCOLO DE MANCHESTER

Alunas: Gabrielly Andrade Garcia Rodrigues, Isadora Alves dos Santos e Maira Beatriz Linhares

Orientador: Edson Anício Duarte

Coorientador: João Alexandre Bortoloti

Instituição: Instituto Federal de São Paulo (Campinas)

Alunas e orientador do IFSP de Campinas recebem certificado de menção honrosa do CRT-SP

Com a palavra, as alunas: “Nosso projeto é para viabilizar e melhorar a comunicação entre pessoas idosas e acamadas com seus cuidadores, utilizando o Protocolo de Manchester – sistema mundial adotado em hospitais e serviços de saúde para agilizar atendimentos –, com a definição de três cores: urgente (vermelho), pouco urgente (laranja) e não urgente (verde). Para isso, a gente desenvolveu duas bases: transmissora, que fica com a pessoa acamada, com níveis de urgência para que ela solicite ajuda por meio de uma sinalização visual e sonora para a base receptora”.

 

DESENVOLVIMENTO DA AUTOMATIZAÇÃO COM IOT DA HORTIF: HORTA COMUNITÁRIA DO IFSP/RGT

Alunos: Yan Gabriel de Oliveira Albuquerque, Murilo Gomes de Camargo e Murilo de Oliveira Lima

Orientador: Raphael de Abreu Alves e Silva

Coorientador: Rodrigo Andrade da Cruz

Instituição: Instituto Federal de São Paulo (Registro)

Aluno e orientador do IFSP de Registro recebem certificado de menção honrosa do CRT-SP

Com a palavra, o aluno: “Esse projeto visa diminuir a desigualdade tecnológica entre os grandes produtores, que tem dinheiro para custear equipamentos, com os pequenos, que talvez  não disponham de muito orçamento. Parte do princípio de uma rede de sensores que consegue captar a grandeza da hora, e decidir o momento adequado para a irrigação; tudo conectado a uma plataforma pela internet, pela qual é possível gerenciar o equipamento mesmo a longas distâncias.”

 

RASTREAMENTO DO MOVIMENTO OCULAR UTILIZANDO VISÃO COMPUTACIONAL PARA AUXÍLIO NA COMUNICAÇÃO DE PACIENTES COM ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA (ELA)

Alunos: Laura Esther Correia Jeronimo, Pedro Nicolas Costa e Raíssa Bespalec Daloia

Orientador: Anderson Silva Vanin

Coorientadora: Cintia Maria de Araújo Pinho

Instituição: ETEC Professora Maria Cristina Medeiros (Ribeirão Pires)

Alunos e orientadores da ETEC Professora Maria Cristina Medeiros, de Ribeirão Pires, premiados pelo CRT-SP

Com a palavra, os alunos:Realizamos pesquisas e descobrimos que já existem ferramentas para isso, mas são extremamente caras; então, nosso projeto é para ser mais acessível e mais barato. Por rastreamento ocular, conseguimos rastrear o movimento dos olhos para realizar uma digitalização por meio de um tecado virtual, no qual o paciente seleciona as letras que vão passando e a frase é redigida”.

Considerando que o CRT-SP defende a igualdade de gênero e maior participação do universo feminino em todas as áreas e setores sociais, também foi selecionado o projeto abaixo:

RASTREAMENTO TERRITORIAL DO DREAM GAP NA CIDADE DE SÃO PAULO: O AFASTAMENTO PROGRESSIVO DE MENINAS DAS ÁREAS DE STEM

Aluna: Erika Oliveira Almeida

Orientador: Ednilson Aparecido Quarenta

Coorientadora: Kamylla Gontijo de Melo

Instituição: Escola Alef Peretz – Unidade Paraisópolis (São Paulo)

Aluna e orientador da Escola Alef Peretz – Unidade Paraisópolis recebem certificado de menção honrosa do CRT-SP

Com a palavra, a aluna: “Meu trabalho é sobre o afastamento gradativo de meninas de algumas áreas STEM – ciência, tecnologia, engenharia e matemática –, por meio do rastreamento do movimento em que o estereótipo de gênero incide sobre meninas da cidade de São Paulo, fazendo que elas se afastem dessas áreas específicas – fenômeno que chamamos de dream gap. A partir da adaptação de uma metodologia, aplicamos experimentos para descobrir como se comporta ao longo do desenvolvimento das meninas, apurando que é, possivelmente, aos 7 anos de idade; e que acontece de maneira progressiva. Para reverter, é necessária a produção de materiais que tragam o dream gap à pauta para ser tratado no sistema educacional.”

As fotos da 22ª FEBRACE estarão disponíveis na galeria de imagens do site www.crtsp.gov.br.

Texto: JD Morbidelli

 

 

 

 

Últimas notícias

Inauguração da nova sede do CRT-04, em Florianópolis

CRT-SP é representando por Gilberto Takao Sakamoto e Rubens dos Santos, presidente e diretor de fiscalização e normas (mais…)
Ler mais...

Nova reunião na PRODAM-SP

CRT-SP e PRODAM-SP dão mais um passo importante para equacionar um problema enfrentado pelos técnicos (mais…)
Ler mais...

Se tem serviços em condomínio, chame um técnico

Com qualidade, segurança e emissão do TRT, profissionais técnicos habilitados podem executar legalmente a grande maioria dos serviços em condomínios residenciais e comerciais (mais…)
Ler mais...