Central de Atendimento (11) 3580-1000

Notícias

Chapa “Avante Técnico” é eleita no CRT-SP

  • 3 de maio de 2022

CEN divulga resultado das eleições do Sistema CFT/CRT; em São Paulo, Chapa “Avante Técnico” é eleita com porcentagem expressiva considerando os votos válidos

CRT-SP: reconhecimento do trabalho que vem sendo realizado para os técnicos e a sociedade

A Comissão Eleitoral Nacional (CEN) divulgou, no dia 29 de abril de 2022, os resultados oficiais das eleições do Sistema CFT/CRT, realizadas no dia 26 do mesmo mês. Na ocasião, profissionais de todo o país, devidamente regularizados nos Conselhos Regionais dos Técnicos Industriais (CRTs), comparecem às urnas para eleger democraticamente seus novos representantes – diretorias

João Paulo Anselmo Churocof: “Esperamos ver a classe dos Técnicos Industriais ainda mais unida e reconhecida”

executivas, conselheiros regionais e federais – que comporão o plenário deliberativo na gestão 2022/2026. No âmbito do Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP), conforme avaliação do coordenador da Comissão Eleitoral Regional (CER), José Delfino de Castro Rosa, a participação dos técnicos deu-se de forma muito positiva. “A eleição transcorreu sem maiores problemas, dentro da normalidade, com excelente trabalho dos mesários, tanto na recepção dos votos quanto na apuração”, relata.

Foram disponibilizadas 90 urnas, facilitando o acesso dos profissionais aos locais de votação no estado. João Paulo Anselmo Churocof foi o primeiro técnico a votar na ETEC Takashi Morita, localizada na região de Santo Amaro na capital paulista. “Sabemos o quão importante é o processo de eleição do Sistema CFT/CRT, pois escolheremos os representantes do nosso conselho para os próximos anos. Esperamos ver a classe dos Técnicos Industriais ainda mais unida e reconhecida”, opina o Técnico em Edificações, que já havia sido citado por ocasião de sua participação na FEICON 2022. Segundo ele, tudo se mostrou muito acessível e organizado. “Os responsáveis foram muito simpáticos, extrovertidos e didáticos”, conclui.

Gilberto Takao Sakamoto, reeleito presidente do CRT-SP, depositando seu voto

Momento de avançar – A Chapa “Avante Técnico” foi eleita com uma porcentagem expressiva considerando os votos válidos, prova do reconhecimento do trabalho que vem sendo realizado pela atual diretoria desde o início da primeira gestão. “Nosso compromisso é seguir em frente na continuidade do trabalho pela valorização dos técnicos”, aponta o presidente reeleito Gilberto Takao Sakamoto, que terá como integrantes da diretoria executiva: José Avelino Rosa, Técnico em Edificações e Mecânica como vice-presidente; Welington Guilherme Rezende, Técnico em Edificações como diretor administrativo; Pedro Carlos Valcante, Técnico em Agrimensura como diretor financeiro; e Rubens dos Santos, Técnico em Eletrotécnica como diretor de fiscalização e normas. “Algumas estratégias foram antecipadamente traçadas no desenvolvimento do programa de trabalho, como avançar na gestão de fiscalização orientativa e inteligente; aprimorar iniciativas de valorização profissional; trabalhar pela geração de oportunidades de trabalho; divulgar as vantagens ao contratar Técnico Industrial; entre outras. Cada uma dessas estratégias é desmembrada numa série de ações, envolvendo todos os setores e colaboradores do conselho – fiscalização, atendimento, comunicação e outras áreas”, incrementa.

Diretoria eleita para o CRT-SP: continuando pela valorização dos técnicos

Acompanhe, a seguir, um breve perfil de cada integrante da diretoria executiva, que inicia a próxima gestão em junho de 2022:

Técnico em Eletrotécnica, Gilberto Takao Sakamoto participa do movimento dos técnicos desde a assinatura do Decreto nº 90.922/1985, que regulamenta a Lei nº 5.524/1968. Formado pela Escola Técnica Getúlio Vargas – atualmente ETEC GV –, trabalhou na Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (SABESP) no período de 1979 a 2019, sempre nas áreas de elétrica e instrumentação, realizando manutenção preditiva, preventiva e corretiva. A formação em administração de empresas propiciou-lhe desenvolver trabalhos no gerenciamento de contratos; elaboração de termos de referência; liderança, desenvolvimento de projetos e planejamentos estratégicos; e também na gestão de entidades classistas.

Técnico em Edificações e Mecânica, José Avelino Rosa é um dos precursores do movimento dos técnicos, tanto que presidiu a primeira assembleia de fundação da Associação Profissional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (ATESP) em 18 de agosto de 1979, quando os Técnicos em Edificações lutavam pelo direito de elaborar e executar projetos até 120m2. Trabalhou no setor administrativo da Prefeitura de Sorocaba e retornou posteriormente como responsável por contratos e execução de obras; atuou nas áreas mecânica e civil da LIGHT Serviços de Eletricidade S.A.; e exerceu outras atividades profissionais e classistas.

Técnico em Edificações, Welington Guilherme Rezende é formado Técnico em Edificações pela ETEC Polivalente e proprietário da WGR Projetos e Construções, empresa que há mais de três décadas presta serviços na cidade de Americana e região. Na esfera política, elegeu-se vereador em 2017 e foi candidato a vice-prefeito em 2020. Atualmente, é presidente da Associação dos Técnicos Industriais de Americana e Região (ATEC).

Técnico em Agrimensura, Pedro Carlos Valcante também é um dos precursores do movimento dos técnicos no final da década de 1970. Formado pela Escola Paulista de Agrimensura em 1978, trabalhou como desenhista, projetista, supervisor e coordenador em empresas de grande porte na área de engenharia; e como consultor de projetos, usando sua experiência de Técnico em Agrimensura. Dispõe de amplos conhecimentos administrativos adquiridos em passagens por várias entidades de classe, e no próprio conselho regional no qual os técnicos eram registrados anteriormente.

Técnico em Eletrotécnica, Rubens dos Santos iniciou sua trajetória profissional em 1967 como aprendiz de eletricista, passando para a área de fiscalização e serviços de distribuição aérea e coordenador de projetos. Entre a LIGHT Serviços de Eletricidade S.A e, posteriormente, a Eletropaulo Eletricidade de São Paulo S.A., são 29 anos de trabalho. Foi também fundador, conselheiro, diretor e chegou à presidência da Associação dos Técnicos das Empresas Energéticas do Estado de São Paulo (ATEESP) entre 2010 e 2017; atualmente, é presidente do Conselho Nacional das Associações de Técnicos Industriais (CONTAE).

Conselheiro federal e empoderamento feminino – Também por São Paulo, Narciso Donizete Fontana elegeu-se conselheiro federal e terá como suplente Sérgio Pascoal Teixeira – ambos são Técnicos em Eletrotécnica. “Agradecemos a confiança depositada em nossa candidatura e nos dedicaremos ao máximo para corresponder aos anseios e necessidades dos técnicos”, garante.

Acesse o edital divulgado pela CEN para saber quem são os conselheiros federais – titulares e suplentes – que representarão seus CRTs no plenário do CFT.

As profissionais técnicas também fizeram bonito nas eleições, demonstrando o crescente interesse do público feminino e comprovando que as ações de fomento realizadas pelo CRT-SP no intuito de dar voz e inseri-las na área técnica têm surtido efeitos; afinal, dos quatro candidatos a conselheiros regionais mais votados, três são mulheres. “Diariamente nós, técnicas, brigamos por nosso espaço no mercado de trabalho cada dia mais concorrido e, em muitas vezes, num ambiente dominantemente masculino. Em toda a minha trajetória profissional – mais de 18 anos como representante das mulheres em conselhos de classe – lutei e sempre lutarei pelo empoderamento feminino no mercado de trabalho para que todas tenhamos os mesmos direitos, pois os deveres e obrigações já temos há muito tempo”, defende Daiana Aparecida Romanini Zanon Terêncio, a conselheira mais votada no pleito regional e, consequentemente, no país.

Acesse o edital divulgado pela CEN para saber quem são os conselheiros regionais – titulares e suplentes – eleitos em CRT-SP e outros CRTs.

A homologação do resultado está prevista para o dia 13 de maio pelo plenário do CFT. O CRT-SP agradece a todos os envolvidos pela organização e lisura confirmados no processo eleitoral; e, em especial, aos profissionais técnicos que compareceram às urnas para escolher seus representantes, de forma democrática, justa e transparente.

Agradecimento do CRT-SP aos envolvidos; em especial, aos profissionais técnicos

Últimas notícias

CRT-SP: 58ª Sessão Plenária Ordinária

Destaque para a aprovação da Prestação de Contas Contábil com Análise do Balancete de Dezembro e do Exercício 2023, e da Prestação de Contas na…
Ler mais...

Curso de Especialização em Segurança contra Incêndio para Técnicos

Inscrições a partir de 27 de fevereiro de 2024 até completarem as 80 vagas disponíveis (mais…)
Ler mais...

Café com Síndico: “O Evento do Síndico Conectado”

Com direito à palestra institucional ministrada pelo diretor administrativo, CRT-SP participa de mais uma edição do Café com Síndico, em São Carlos (mais…)
Ler mais...

Chapa “Avante Técnico” é eleita no CRT-SP

  • 3 de maio de 2022

CEN divulga resultado das eleições do Sistema CFT/CRT; em São Paulo, Chapa “Avante Técnico” é eleita com porcentagem expressiva considerando os votos válidos

CRT-SP: reconhecimento do trabalho que vem sendo realizado para os técnicos e a sociedade

A Comissão Eleitoral Nacional (CEN) divulgou, no dia 29 de abril de 2022, os resultados oficiais das eleições do Sistema CFT/CRT, realizadas no dia 26 do mesmo mês. Na ocasião, profissionais de todo o país, devidamente regularizados nos Conselhos Regionais dos Técnicos Industriais (CRTs), comparecem às urnas para eleger democraticamente seus novos representantes – diretorias

João Paulo Anselmo Churocof: “Esperamos ver a classe dos Técnicos Industriais ainda mais unida e reconhecida”

executivas, conselheiros regionais e federais – que comporão o plenário deliberativo na gestão 2022/2026. No âmbito do Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP), conforme avaliação do coordenador da Comissão Eleitoral Regional (CER), José Delfino de Castro Rosa, a participação dos técnicos deu-se de forma muito positiva. “A eleição transcorreu sem maiores problemas, dentro da normalidade, com excelente trabalho dos mesários, tanto na recepção dos votos quanto na apuração”, relata.

Foram disponibilizadas 90 urnas, facilitando o acesso dos profissionais aos locais de votação no estado. João Paulo Anselmo Churocof foi o primeiro técnico a votar na ETEC Takashi Morita, localizada na região de Santo Amaro na capital paulista. “Sabemos o quão importante é o processo de eleição do Sistema CFT/CRT, pois escolheremos os representantes do nosso conselho para os próximos anos. Esperamos ver a classe dos Técnicos Industriais ainda mais unida e reconhecida”, opina o Técnico em Edificações, que já havia sido citado por ocasião de sua participação na FEICON 2022. Segundo ele, tudo se mostrou muito acessível e organizado. “Os responsáveis foram muito simpáticos, extrovertidos e didáticos”, conclui.

Gilberto Takao Sakamoto, reeleito presidente do CRT-SP, depositando seu voto

Momento de avançar – A Chapa “Avante Técnico” foi eleita com uma porcentagem expressiva considerando os votos válidos, prova do reconhecimento do trabalho que vem sendo realizado pela atual diretoria desde o início da primeira gestão. “Nosso compromisso é seguir em frente na continuidade do trabalho pela valorização dos técnicos”, aponta o presidente reeleito Gilberto Takao Sakamoto, que terá como integrantes da diretoria executiva: José Avelino Rosa, Técnico em Edificações e Mecânica como vice-presidente; Welington Guilherme Rezende, Técnico em Edificações como diretor administrativo; Pedro Carlos Valcante, Técnico em Agrimensura como diretor financeiro; e Rubens dos Santos, Técnico em Eletrotécnica como diretor de fiscalização e normas. “Algumas estratégias foram antecipadamente traçadas no desenvolvimento do programa de trabalho, como avançar na gestão de fiscalização orientativa e inteligente; aprimorar iniciativas de valorização profissional; trabalhar pela geração de oportunidades de trabalho; divulgar as vantagens ao contratar Técnico Industrial; entre outras. Cada uma dessas estratégias é desmembrada numa série de ações, envolvendo todos os setores e colaboradores do conselho – fiscalização, atendimento, comunicação e outras áreas”, incrementa.

Diretoria eleita para o CRT-SP: continuando pela valorização dos técnicos

Acompanhe, a seguir, um breve perfil de cada integrante da diretoria executiva, que inicia a próxima gestão em junho de 2022:

Técnico em Eletrotécnica, Gilberto Takao Sakamoto participa do movimento dos técnicos desde a assinatura do Decreto nº 90.922/1985, que regulamenta a Lei nº 5.524/1968. Formado pela Escola Técnica Getúlio Vargas – atualmente ETEC GV –, trabalhou na Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (SABESP) no período de 1979 a 2019, sempre nas áreas de elétrica e instrumentação, realizando manutenção preditiva, preventiva e corretiva. A formação em administração de empresas propiciou-lhe desenvolver trabalhos no gerenciamento de contratos; elaboração de termos de referência; liderança, desenvolvimento de projetos e planejamentos estratégicos; e também na gestão de entidades classistas.

Técnico em Edificações e Mecânica, José Avelino Rosa é um dos precursores do movimento dos técnicos, tanto que presidiu a primeira assembleia de fundação da Associação Profissional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (ATESP) em 18 de agosto de 1979, quando os Técnicos em Edificações lutavam pelo direito de elaborar e executar projetos até 120m2. Trabalhou no setor administrativo da Prefeitura de Sorocaba e retornou posteriormente como responsável por contratos e execução de obras; atuou nas áreas mecânica e civil da LIGHT Serviços de Eletricidade S.A.; e exerceu outras atividades profissionais e classistas.

Técnico em Edificações, Welington Guilherme Rezende é formado Técnico em Edificações pela ETEC Polivalente e proprietário da WGR Projetos e Construções, empresa que há mais de três décadas presta serviços na cidade de Americana e região. Na esfera política, elegeu-se vereador em 2017 e foi candidato a vice-prefeito em 2020. Atualmente, é presidente da Associação dos Técnicos Industriais de Americana e Região (ATEC).

Técnico em Agrimensura, Pedro Carlos Valcante também é um dos precursores do movimento dos técnicos no final da década de 1970. Formado pela Escola Paulista de Agrimensura em 1978, trabalhou como desenhista, projetista, supervisor e coordenador em empresas de grande porte na área de engenharia; e como consultor de projetos, usando sua experiência de Técnico em Agrimensura. Dispõe de amplos conhecimentos administrativos adquiridos em passagens por várias entidades de classe, e no próprio conselho regional no qual os técnicos eram registrados anteriormente.

Técnico em Eletrotécnica, Rubens dos Santos iniciou sua trajetória profissional em 1967 como aprendiz de eletricista, passando para a área de fiscalização e serviços de distribuição aérea e coordenador de projetos. Entre a LIGHT Serviços de Eletricidade S.A e, posteriormente, a Eletropaulo Eletricidade de São Paulo S.A., são 29 anos de trabalho. Foi também fundador, conselheiro, diretor e chegou à presidência da Associação dos Técnicos das Empresas Energéticas do Estado de São Paulo (ATEESP) entre 2010 e 2017; atualmente, é presidente do Conselho Nacional das Associações de Técnicos Industriais (CONTAE).

Conselheiro federal e empoderamento feminino – Também por São Paulo, Narciso Donizete Fontana elegeu-se conselheiro federal e terá como suplente Sérgio Pascoal Teixeira – ambos são Técnicos em Eletrotécnica. “Agradecemos a confiança depositada em nossa candidatura e nos dedicaremos ao máximo para corresponder aos anseios e necessidades dos técnicos”, garante.

Acesse o edital divulgado pela CEN para saber quem são os conselheiros federais – titulares e suplentes – que representarão seus CRTs no plenário do CFT.

As profissionais técnicas também fizeram bonito nas eleições, demonstrando o crescente interesse do público feminino e comprovando que as ações de fomento realizadas pelo CRT-SP no intuito de dar voz e inseri-las na área técnica têm surtido efeitos; afinal, dos quatro candidatos a conselheiros regionais mais votados, três são mulheres. “Diariamente nós, técnicas, brigamos por nosso espaço no mercado de trabalho cada dia mais concorrido e, em muitas vezes, num ambiente dominantemente masculino. Em toda a minha trajetória profissional – mais de 18 anos como representante das mulheres em conselhos de classe – lutei e sempre lutarei pelo empoderamento feminino no mercado de trabalho para que todas tenhamos os mesmos direitos, pois os deveres e obrigações já temos há muito tempo”, defende Daiana Aparecida Romanini Zanon Terêncio, a conselheira mais votada no pleito regional e, consequentemente, no país.

Acesse o edital divulgado pela CEN para saber quem são os conselheiros regionais – titulares e suplentes – eleitos em CRT-SP e outros CRTs.

A homologação do resultado está prevista para o dia 13 de maio pelo plenário do CFT. O CRT-SP agradece a todos os envolvidos pela organização e lisura confirmados no processo eleitoral; e, em especial, aos profissionais técnicos que compareceram às urnas para escolher seus representantes, de forma democrática, justa e transparente.

Agradecimento do CRT-SP aos envolvidos; em especial, aos profissionais técnicos

Últimas notícias

CRT-SP: 58ª Sessão Plenária Ordinária

Destaque para a aprovação da Prestação de Contas Contábil com Análise do Balancete de Dezembro e do Exercício 2023, e da Prestação de Contas na…
Ler mais...

Curso de Especialização em Segurança contra Incêndio para Técnicos

Inscrições a partir de 27 de fevereiro de 2024 até completarem as 80 vagas disponíveis (mais…)
Ler mais...

Café com Síndico: “O Evento do Síndico Conectado”

Com direito à palestra institucional ministrada pelo diretor administrativo, CRT-SP participa de mais uma edição do Café com Síndico, em São Carlos (mais…)
Ler mais...