Central de Atendimento (11) 3580-1000

Notícias

CRT-SP e ABRAVA: alinhamentos em benefício dos técnicos do setor de refrigeração e climatização

  • 20 de março de 2023

CRT-SP e ABRAVA reúnem-se com o objetivo de estreitar relacionamentos e discutir alternativas para a realização de cursos de especialização

Reunião realizada na sede do CRT-SP em 20 de março de 2023, entre representantes do CRT-SP e da ABRAVA

No dia 20 de março de 2023, o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP) reuniu-se com representantes da Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento (ABRAVA) com o objetivo de estreitar relacionamentos e discutir alternativas para sanar questões relacionadas à qualificação de profissionais para os setores representados pela associação, sendo apontado como uma das frentes de ação a realização de cursos de especialização a profissionais técnicos com atribuições em serviços destinados ao setor de refrigeração e climatização.

Inicialmente, Gilberto Takao Sakamoto citou o acordo pré-alinhado com uma fundação para a disponibilização de um curso específico aos técnicos que podem realizar projetos de segurança para combate a incêndio. “Estamos aqui para defender a sociedade por meio da fiscalização da profissão e valorização do técnico; e o setor de climatização precisa de profissionais habilitados, com cursos de especialização e conhecedores das normas regulamentadoras”, disse o presidente do CRT-SP, acrescentando que, além dos que já atuam no mercado de trabalho, os técnicos recém-formados também necessitam desse “treinamento” para juntar teoria à parte prática.

Arnaldo Basile destaca que o propósito da ABRAVA é atender as necessidades e interesses das empresas e da sociedade. “Para se filiar à associação, toda empresa precisa ter um responsável técnico registrado no respectivo conselho de classe”, esclarece. “Sempre apoiamos o desenvolvimento tecnológico e profissional, e capacitar os profissionais faz parte do nosso trabalho”, explica o presidente executivo, enfatizando que todos têm que passar por uma capacitação para o desempenho de suas atividades com conhecimento e segurança, sejam engenheiros, tecnólogos ou técnicos.

Técnico em Eletromecânica e habilitado para a elaboração do Plano de Manutenção, Operação e Controle (PMOC) de sistemas de climatização de ambientes nos termos da Resolução CFT nº 068/2019, o conselheiro Sidney de Souza Junior – responsável por facilitar a reunião – defende que o setor necessita de fiscalização constante frente às antipráticas no exercício profissional. Por sua vez, a Técnica em Refrigeração e Climatização, Carmosinda Santos, aponta como ponto incisivo que as empresas conheçam e se conscientizem sobre as atribuições profissionais dos técnicos.

 

Alinhamentos e próximos passos – Após as explanações das partes envolvidas, foram traçadas algumas atividades preliminares, com a ABRAVA se comprometendo a cooperar com o conselho no trabalho de conscientização sobre a importância – e obrigatoriedade – do registro das empresas no conselho, assim como da presença de um técnico responsável, igualmente registrado nos termos da Lei nº 13.639/2018.

Quanto aos cursos de especialização, há a possibilidade de inserir entidades parceiras, como o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI-SP), o Centro Paula Souza (CPS) e escolas técnicas do interior. “Temos alguns cursos básicos nessa linha de capacitação inicial que podemos adequar.

No entanto, precisamos dessas instituições, reconhecidas pelo Ministério da Educação, para a certificação”, explica Arnaldo Basile. Futuras reuniões devem ser realizadas para dar prosseguimento às tratativas, as quais serão notificadas no momento oportuno.

Pela ABRAVA participaram da reunião o vice-presidente de desenvolvimento profissional, Leonardo Cozac, considerado uma das maiores autoridades no segmento de qualidade do ar; e Alessandra Lopes, responsável pela assessoria de imprensa e relações públicas da entidade. Pelo CRT-SP, além dos anteriormente citados, estavam presentes Pedro Carlos Valcante e Rubens dos Santos, respectivamente diretor financeiro e diretor de fiscalização e normas; Rubens de Campos, gerente de departamento técnico; e o conselheiro Moises Geraldo da Silva, Técnico em Eletrotécnica e supervisor de manutenção na Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que avalia a reunião como muito produtiva para o avanço do setor e por levantar questões importantes sobre a qualidade do ar interno.

Reunião bastante produtiva entre representantes do CRT-SP e da ABRAVA

Texto: JD Morbidelli

Últimas notícias

34ª EXPO USIPA no Vale do Aço, em Ipatinga

Em Minas Gerais, CRT-SP prestigia uma das mais importantes exposições do país voltadas à divulgação e fomento de negócios e serviços no setor industrial (mais…)
Ler mais...

31ª Reunião do Fórum de Presidentes dos CRTs

Presidentes de oito conselhos regionais reúnem-se para discussão de pautas que convergem para a representatividade, respeito e valorização dos técnicos (mais…)
Ler mais...

Inauguração da nova sede do CRT-04, em Florianópolis

CRT-SP é representando por Gilberto Takao Sakamoto e Rubens dos Santos, presidente e diretor de fiscalização e normas (mais…)
Ler mais...

CRT-SP e ABRAVA: alinhamentos em benefício dos técnicos do setor de refrigeração e climatização

  • 20 de março de 2023

CRT-SP e ABRAVA reúnem-se com o objetivo de estreitar relacionamentos e discutir alternativas para a realização de cursos de especialização

Reunião realizada na sede do CRT-SP em 20 de março de 2023, entre representantes do CRT-SP e da ABRAVA

No dia 20 de março de 2023, o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP) reuniu-se com representantes da Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento (ABRAVA) com o objetivo de estreitar relacionamentos e discutir alternativas para sanar questões relacionadas à qualificação de profissionais para os setores representados pela associação, sendo apontado como uma das frentes de ação a realização de cursos de especialização a profissionais técnicos com atribuições em serviços destinados ao setor de refrigeração e climatização.

Inicialmente, Gilberto Takao Sakamoto citou o acordo pré-alinhado com uma fundação para a disponibilização de um curso específico aos técnicos que podem realizar projetos de segurança para combate a incêndio. “Estamos aqui para defender a sociedade por meio da fiscalização da profissão e valorização do técnico; e o setor de climatização precisa de profissionais habilitados, com cursos de especialização e conhecedores das normas regulamentadoras”, disse o presidente do CRT-SP, acrescentando que, além dos que já atuam no mercado de trabalho, os técnicos recém-formados também necessitam desse “treinamento” para juntar teoria à parte prática.

Arnaldo Basile destaca que o propósito da ABRAVA é atender as necessidades e interesses das empresas e da sociedade. “Para se filiar à associação, toda empresa precisa ter um responsável técnico registrado no respectivo conselho de classe”, esclarece. “Sempre apoiamos o desenvolvimento tecnológico e profissional, e capacitar os profissionais faz parte do nosso trabalho”, explica o presidente executivo, enfatizando que todos têm que passar por uma capacitação para o desempenho de suas atividades com conhecimento e segurança, sejam engenheiros, tecnólogos ou técnicos.

Técnico em Eletromecânica e habilitado para a elaboração do Plano de Manutenção, Operação e Controle (PMOC) de sistemas de climatização de ambientes nos termos da Resolução CFT nº 068/2019, o conselheiro Sidney de Souza Junior – responsável por facilitar a reunião – defende que o setor necessita de fiscalização constante frente às antipráticas no exercício profissional. Por sua vez, a Técnica em Refrigeração e Climatização, Carmosinda Santos, aponta como ponto incisivo que as empresas conheçam e se conscientizem sobre as atribuições profissionais dos técnicos.

 

Alinhamentos e próximos passos – Após as explanações das partes envolvidas, foram traçadas algumas atividades preliminares, com a ABRAVA se comprometendo a cooperar com o conselho no trabalho de conscientização sobre a importância – e obrigatoriedade – do registro das empresas no conselho, assim como da presença de um técnico responsável, igualmente registrado nos termos da Lei nº 13.639/2018.

Quanto aos cursos de especialização, há a possibilidade de inserir entidades parceiras, como o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI-SP), o Centro Paula Souza (CPS) e escolas técnicas do interior. “Temos alguns cursos básicos nessa linha de capacitação inicial que podemos adequar.

No entanto, precisamos dessas instituições, reconhecidas pelo Ministério da Educação, para a certificação”, explica Arnaldo Basile. Futuras reuniões devem ser realizadas para dar prosseguimento às tratativas, as quais serão notificadas no momento oportuno.

Pela ABRAVA participaram da reunião o vice-presidente de desenvolvimento profissional, Leonardo Cozac, considerado uma das maiores autoridades no segmento de qualidade do ar; e Alessandra Lopes, responsável pela assessoria de imprensa e relações públicas da entidade. Pelo CRT-SP, além dos anteriormente citados, estavam presentes Pedro Carlos Valcante e Rubens dos Santos, respectivamente diretor financeiro e diretor de fiscalização e normas; Rubens de Campos, gerente de departamento técnico; e o conselheiro Moises Geraldo da Silva, Técnico em Eletrotécnica e supervisor de manutenção na Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que avalia a reunião como muito produtiva para o avanço do setor e por levantar questões importantes sobre a qualidade do ar interno.

Reunião bastante produtiva entre representantes do CRT-SP e da ABRAVA

Texto: JD Morbidelli

Últimas notícias

34ª EXPO USIPA no Vale do Aço, em Ipatinga

Em Minas Gerais, CRT-SP prestigia uma das mais importantes exposições do país voltadas à divulgação e fomento de negócios e serviços no setor industrial (mais…)
Ler mais...

31ª Reunião do Fórum de Presidentes dos CRTs

Presidentes de oito conselhos regionais reúnem-se para discussão de pautas que convergem para a representatividade, respeito e valorização dos técnicos (mais…)
Ler mais...

Inauguração da nova sede do CRT-04, em Florianópolis

CRT-SP é representando por Gilberto Takao Sakamoto e Rubens dos Santos, presidente e diretor de fiscalização e normas (mais…)
Ler mais...