Central de Atendimento (11) 3580-1000

Notícias

CRT-SP Talks: “Técnicos no Exterior”, oportunidade de experiência internacional

  • 21 de março de 2023

Técnico Industrial: quer trabalhar na Província de Québec? Então, assista ao evento realizado pelo CRT-SP com o Escritório do Québec em São Paulo

CRT-SP Talks: “Técnicos no Exterior”: se você perdeu ao vivo, acompanhe pelo canal do CRT-SP no YouTube

Região mais francófona do Canadá, a Província de Québec – maior em extensão territorial e segunda mais populosa do país –, está presente em várias esferas da cultura brasileira e mundial; de lá, por exemplo, vem o Cirque du Soleil, maior trupe circense do planeta. A relação com o cinema e a música também é bastante significativa: Denis Villeneuve, diretor do premiado filme de ficção científica Duna (EUA, 2021), nasceu em Québec; e a famosa cantora Céline Dion – intérprete de My Heart Will Go On, música tema de Titanic (EUA, 1998) é natural da pequena Charlemagne, cidade próxima a Montreal – principal centro econômico e cultural da província.

Em função das oportunidades de trabalho em diversos setores, inclusive para profissionais técnicos, no dia 21 de março de 2023 o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP) e o Escritório do Québec em São Paulo – Bureau du Québec à São Paulo (BQSP) – realizaram o CRT-SP Talks: “Técnicos no Exterior”, para apresentação de um programa que visa recrutar trabalhadores temporários brasileiros para suprir a escassez de mão de obra especializada local, propiciando-lhes crescimento e experiência internacional, qualidade de vida, segurança, ingresso em escolas públicas para os filhos e visto de trabalho aos cônjuges.

Técnico em Eletrotécnica e presidente do CRT-SP, primeiramente Gilberto Takao Sakamoto agradeceu a presença das centenas de participantes que acompanharam o evento ao vivo, explicando como se deram as tratativas iniciais com a vice-cônsul Sarah Sánchez e o assessor Hércules Kuster, responsáveis pela prospecção e promoção do Escritório do Québec em São Paulo. “Após o primeiro contato, fizemos uma reunião presencial na sede do conselho para alinharmos ideias, e hoje estamos aqui com essa apresentação”, anuncia. Antes, porém, ele fez uma breve explanação do CRT-SP, que detém cerca de 126 mil profissionais técnicos registrados, distribuídos em mais de modalidades diferentes, como elétrica, edificações, mecânica, construção civil, mineração, entre outras. “O Sistema CFT/CRT está dividido em 11 regionais, com cada um responsável pela orientação, fiscalização e registro do profissional em seu estado ou região”, explica, destacando a preocupação constante do CRT-SP em também valorizar o profissional técnico; daí, a importância dessas parcerias geradoras de oportunidades. “Aproveitem bastante e façam perguntas pelo chat”, aconselha.

 

Engana-se quem pensa a Província de Québec é frio o ano todo; há outras estações, além do inverno

Québec não é só inverno – Assim Frederico Chagas, que atua diretamente na promoção do Québec e de suas oportunidades de mobilidade de trabalho, iniciou a explanação do programa Journées Québec BRÉSIL – Québec na Cabeça. “Quando falamos do Canadá, logo pensamos em inverno; é rigoroso, forte, com baixas temperaturas, mas há outras estações e as pessoas podem sair de casa para trabalhar e se divertir”, propaga, introduzindo um vídeo para ilustrar a apresentação e trazer informações geográficas, administrativas, demográficas, comportamentais e socioculturais da província. “Existe uma lei que institucionaliza o francês como língua oficial do Québec, mas por serem cargos mais técnicos a pessoa não precisa conhecer tanto o idioma e normalmente as empresas estão mais abertas nesse sentido”, continua.

Uma das soluções que o governo local entende como alternativa para a falta de mão de obra são, justamente, as missões de recrutamento – no caso do Brasil, para candidatos brasileiros ou estrangeiros com status de residência permanente no país. As vagas são disponibilizadas online como uma plataforma convencional de recolocação profissional. “Ofertas de emprego temporário, de um a três anos, com possibilidade de solicitação de residência permanente após dois anos; participação gratuita; idade ilimitada; direitos trabalhistas canadenses; exigência de nível de francês dependendo da vaga; apoio no processo migratório por parte da empresa; e direito à imigração temporária” são alguns dos tópicos do programa. Entre as características que as empresas mais procuram nos candidatos, estão: experiência mínima de um a dois anos; curso superior ou técnico em área relacionada ao cargo; conhecimento intermediário do idioma francês ou inglês, conforme a vaga; e passaporte válido ou visto de residência brasileira. “Quero frisar também sobre a importância – e obrigatoriedade – do registro profissional; e a gente recomenda que as empresas pesquisem se os candidatos estão regularizados no conselho”, emenda Frederico Chagas.

Questionamentos ao vivo – Gerente de novos projetos e inovação do CRT-SP, a mediadora do evento Fabiana Herculano Moraes levantou uma série de dúvidas encaminhadas ao vivo via chat, comprovando a repercussão do evento e o interesse por novas oportunidades de trabalho e experiência internacional.

Ele também explicou sobre os procedimentos de imigração, realizados e custeados pelos contratantes; as empresas participantes do programa; e, ainda, os postos de trabalho – mais de 430, incluindo áreas de eletromecânica, mecânica industrial e outras relacionadas ao meio técnico. Finalizou com o passo a passo, desde a inscrição até as datas de entrevistas, que serão realizadas em São Paulo com os pré-aprovados.

 

Questionamentos ao vivo – Gerente de novos projetos e inovação do CRT-SP, a mediadora do evento Fabiana Herculano Moraes levantou uma série de dúvidas encaminhadas ao vivo via chat, comprovando a repercussão do evento e o interesse por novas oportunidades de trabalho e experiência internacional.

É obrigatório preencher o perfil online em francês ou posso usar o Google Tradutor?

Não tem problema em usar o tradutor, principalmente para as vagas que exigem menor nível de francês. Claro que, quanto maior a exigência do francês, maior também será o rigor no preenchimento da ficha cadastral

Posso me candidatar a mais de uma vaga?

É possível a candidatura em mais de uma vaga; porém, a única restrição é em relação a mais de uma vaga por empresa, para não acontecer de ser chamado duas vezes para a entrevista com a mesma pessoa. Além do que, em muitos casos, eles perguntarão se você tem interesse em outras vagas.

Antes das considerações finais, o presidente Gilberto Takao Sakamoto também respondeu questionamentos relativos, principalmente, ao registro no conselho. “Uma vez trabalhando no Québec, preciso manter o registro ativo no CRT-SP?”, perguntou um participante. “Sim, pois ele continua exercendo a função de técnico e deve-se manter ativo no conselho”, respondeu o presidente.

Se você não conseguiu acompanhar o CRT-SP Talks: “Técnicos no Exterior” ao vivo, ainda pode acompanhar integralmente via YouTube. Clique aqui.

Texto: JD Morbidelli

Últimas notícias

Evento: “Celebração pelos 45 Anos do Movimento dos Técnicos Industriais”

Além de resgatar a história do movimento e suas contribuições para o desenvolvimento econômico do país, evento terá palestras e debates com dados e perspectivas…
Ler mais...

34ª EXPO USIPA no Vale do Aço, em Ipatinga

Em Minas Gerais, CRT-SP prestigia uma das mais importantes exposições do país voltadas à divulgação e fomento de negócios e serviços no setor industrial (mais…)
Ler mais...

31ª Reunião do Fórum de Presidentes dos CRTs

Presidentes de oito conselhos regionais reúnem-se para discussão de pautas que convergem para a representatividade, respeito e valorização dos técnicos (mais…)
Ler mais...

CRT-SP Talks: “Técnicos no Exterior”, oportunidade de experiência internacional

  • 21 de março de 2023

Técnico Industrial: quer trabalhar na Província de Québec? Então, assista ao evento realizado pelo CRT-SP com o Escritório do Québec em São Paulo

CRT-SP Talks: “Técnicos no Exterior”: se você perdeu ao vivo, acompanhe pelo canal do CRT-SP no YouTube

Região mais francófona do Canadá, a Província de Québec – maior em extensão territorial e segunda mais populosa do país –, está presente em várias esferas da cultura brasileira e mundial; de lá, por exemplo, vem o Cirque du Soleil, maior trupe circense do planeta. A relação com o cinema e a música também é bastante significativa: Denis Villeneuve, diretor do premiado filme de ficção científica Duna (EUA, 2021), nasceu em Québec; e a famosa cantora Céline Dion – intérprete de My Heart Will Go On, música tema de Titanic (EUA, 1998) é natural da pequena Charlemagne, cidade próxima a Montreal – principal centro econômico e cultural da província.

Em função das oportunidades de trabalho em diversos setores, inclusive para profissionais técnicos, no dia 21 de março de 2023 o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP) e o Escritório do Québec em São Paulo – Bureau du Québec à São Paulo (BQSP) – realizaram o CRT-SP Talks: “Técnicos no Exterior”, para apresentação de um programa que visa recrutar trabalhadores temporários brasileiros para suprir a escassez de mão de obra especializada local, propiciando-lhes crescimento e experiência internacional, qualidade de vida, segurança, ingresso em escolas públicas para os filhos e visto de trabalho aos cônjuges.

Técnico em Eletrotécnica e presidente do CRT-SP, primeiramente Gilberto Takao Sakamoto agradeceu a presença das centenas de participantes que acompanharam o evento ao vivo, explicando como se deram as tratativas iniciais com a vice-cônsul Sarah Sánchez e o assessor Hércules Kuster, responsáveis pela prospecção e promoção do Escritório do Québec em São Paulo. “Após o primeiro contato, fizemos uma reunião presencial na sede do conselho para alinharmos ideias, e hoje estamos aqui com essa apresentação”, anuncia. Antes, porém, ele fez uma breve explanação do CRT-SP, que detém cerca de 126 mil profissionais técnicos registrados, distribuídos em mais de modalidades diferentes, como elétrica, edificações, mecânica, construção civil, mineração, entre outras. “O Sistema CFT/CRT está dividido em 11 regionais, com cada um responsável pela orientação, fiscalização e registro do profissional em seu estado ou região”, explica, destacando a preocupação constante do CRT-SP em também valorizar o profissional técnico; daí, a importância dessas parcerias geradoras de oportunidades. “Aproveitem bastante e façam perguntas pelo chat”, aconselha.

 

Engana-se quem pensa a Província de Québec é frio o ano todo; há outras estações, além do inverno

Québec não é só inverno – Assim Frederico Chagas, que atua diretamente na promoção do Québec e de suas oportunidades de mobilidade de trabalho, iniciou a explanação do programa Journées Québec BRÉSIL – Québec na Cabeça. “Quando falamos do Canadá, logo pensamos em inverno; é rigoroso, forte, com baixas temperaturas, mas há outras estações e as pessoas podem sair de casa para trabalhar e se divertir”, propaga, introduzindo um vídeo para ilustrar a apresentação e trazer informações geográficas, administrativas, demográficas, comportamentais e socioculturais da província. “Existe uma lei que institucionaliza o francês como língua oficial do Québec, mas por serem cargos mais técnicos a pessoa não precisa conhecer tanto o idioma e normalmente as empresas estão mais abertas nesse sentido”, continua.

Uma das soluções que o governo local entende como alternativa para a falta de mão de obra são, justamente, as missões de recrutamento – no caso do Brasil, para candidatos brasileiros ou estrangeiros com status de residência permanente no país. As vagas são disponibilizadas online como uma plataforma convencional de recolocação profissional. “Ofertas de emprego temporário, de um a três anos, com possibilidade de solicitação de residência permanente após dois anos; participação gratuita; idade ilimitada; direitos trabalhistas canadenses; exigência de nível de francês dependendo da vaga; apoio no processo migratório por parte da empresa; e direito à imigração temporária” são alguns dos tópicos do programa. Entre as características que as empresas mais procuram nos candidatos, estão: experiência mínima de um a dois anos; curso superior ou técnico em área relacionada ao cargo; conhecimento intermediário do idioma francês ou inglês, conforme a vaga; e passaporte válido ou visto de residência brasileira. “Quero frisar também sobre a importância – e obrigatoriedade – do registro profissional; e a gente recomenda que as empresas pesquisem se os candidatos estão regularizados no conselho”, emenda Frederico Chagas.

Questionamentos ao vivo – Gerente de novos projetos e inovação do CRT-SP, a mediadora do evento Fabiana Herculano Moraes levantou uma série de dúvidas encaminhadas ao vivo via chat, comprovando a repercussão do evento e o interesse por novas oportunidades de trabalho e experiência internacional.

Ele também explicou sobre os procedimentos de imigração, realizados e custeados pelos contratantes; as empresas participantes do programa; e, ainda, os postos de trabalho – mais de 430, incluindo áreas de eletromecânica, mecânica industrial e outras relacionadas ao meio técnico. Finalizou com o passo a passo, desde a inscrição até as datas de entrevistas, que serão realizadas em São Paulo com os pré-aprovados.

 

Questionamentos ao vivo – Gerente de novos projetos e inovação do CRT-SP, a mediadora do evento Fabiana Herculano Moraes levantou uma série de dúvidas encaminhadas ao vivo via chat, comprovando a repercussão do evento e o interesse por novas oportunidades de trabalho e experiência internacional.

É obrigatório preencher o perfil online em francês ou posso usar o Google Tradutor?

Não tem problema em usar o tradutor, principalmente para as vagas que exigem menor nível de francês. Claro que, quanto maior a exigência do francês, maior também será o rigor no preenchimento da ficha cadastral

Posso me candidatar a mais de uma vaga?

É possível a candidatura em mais de uma vaga; porém, a única restrição é em relação a mais de uma vaga por empresa, para não acontecer de ser chamado duas vezes para a entrevista com a mesma pessoa. Além do que, em muitos casos, eles perguntarão se você tem interesse em outras vagas.

Antes das considerações finais, o presidente Gilberto Takao Sakamoto também respondeu questionamentos relativos, principalmente, ao registro no conselho. “Uma vez trabalhando no Québec, preciso manter o registro ativo no CRT-SP?”, perguntou um participante. “Sim, pois ele continua exercendo a função de técnico e deve-se manter ativo no conselho”, respondeu o presidente.

Se você não conseguiu acompanhar o CRT-SP Talks: “Técnicos no Exterior” ao vivo, ainda pode acompanhar integralmente via YouTube. Clique aqui.

Texto: JD Morbidelli

Últimas notícias

Evento: “Celebração pelos 45 Anos do Movimento dos Técnicos Industriais”

Além de resgatar a história do movimento e suas contribuições para o desenvolvimento econômico do país, evento terá palestras e debates com dados e perspectivas…
Ler mais...

34ª EXPO USIPA no Vale do Aço, em Ipatinga

Em Minas Gerais, CRT-SP prestigia uma das mais importantes exposições do país voltadas à divulgação e fomento de negócios e serviços no setor industrial (mais…)
Ler mais...

31ª Reunião do Fórum de Presidentes dos CRTs

Presidentes de oito conselhos regionais reúnem-se para discussão de pautas que convergem para a representatividade, respeito e valorização dos técnicos (mais…)
Ler mais...