Central de Atendimento (11) 3580-1000

Notícias

SIRENEJUD: novas funcionalidades a serviço do meio ambiente

  • 15 de agosto de 2022

Técnicos em Meio Ambiente e Técnicos em Agrimensura podem se beneficiar das novas funcionalidades do sistema

Técnicos em Meio Ambiente e Técnicos em Agrimensura podem se beneficiar das novas funcionalidades do sistema

Desenvolvido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) o painel interativo SIRENEJUD é uma espécie de “observatório do meio ambiente”, pois compila informações e permite aos usuários visualizar dados sobre violações ambientais, como poluição, desmatamento, garimpo e uso ilegal da terra, incêndios florestais e outros crimes previstos em lei aplicados contra a natureza.

Mais duas funcionalidades foram incorporadas ao sistema no dia 9 de agosto de 2022 por ocasião do Observatório do Meio Ambiente e das Mudanças Climáticas – reunião que envolve representantes de órgãos públicos, sociedade civil e organizações internacionais que trabalham com questões ambientais – transmitido ao vivo pelo canal do CNJ no YouTube: Relatórios Geográficos e Relatórios de Sobreposição de Área.

Os relatórios geográficos são originários de cruzamentos entre os alertas de desmatamento e os polígonos de terras indígenas e unidades de conservação; e, segundo o ministro Luiz Fux, atual presidente do CNJ, “a ferramenta permite identificar e ranquear as áreas mais atingidas por desmatamentos, sendo possível a consulta por cada estado. Por sua vez, os Relatórios de Sobreposição de Área disponibilizam e identificam eventuais inconsistências nos polígonos autodeclarados do Cadastro Ambiental Rural (CAR), permitindo verificar sobreposições em unidades de conservação, terras indígenas e terras quilombolas. “Destaco a relevância dessas ferramentas, que podem ser acessadas por especialistas e pela sociedade civil, no monitoramento das questões ambientais e da transparência dos dados”, disse o ministro por ocasião do lançamento.

Daiana Romanini e João Batista dos Reis, respectivamente Técnica em Meio Ambiente e Técnico em Agrimensura, modalidades de profissionais beneficiadas

E os Técnicos Industriais – Essencialmente, duas modalidades de profissionais técnicos podem se beneficiar dessas novas funcionalidades do SIRENEJUD: os Técnicos em Agrimensura, cujas atribuições são definidas pela Resolução CFT nº 089/2019 e, principalmente, os Técnicos em Meio Ambiente, com atribuições esclarecidas pela Resolução CFT nº 110/2020. “O painel permite visualizar dados sobre violações ambientais com cruzamento de dados e georreferenciamento, identificando áreas de proteção ambiental, municípios com maior incidência de desmatamento, informações sobre terras indígenas e quilombos, entre outras informações; também são gerados alertas para auxiliar o diagnóstico de violações ambientais, aprimorando a tomada de decisão referente ao tema”, relata a Técnica em Meio Ambiente Daiana Romanini, proprietária de uma empresa de controle de pragas que presta serviços para outra empresa do ramo que, por sua vez, atende várias indústrias e multinacionais do setor de alimentos. “Esse acervo de informações permitirá ainda o cruzamento de dados geoespaciais, e a produção de relatórios de inteligência para a atuação estratégica e eficaz do Poder Judiciário na tutela do meio ambiente”, acrescenta a também conselheira, que está sempre se atualizando para o exercício de sua profissão.

Para João Batista dos Reis, o SIRENEJUD facilita muito o trabalho dos profissionais envolvidos, sobretudo no que tange a levantamentos topográficos relacionados a focos e áreas degradadas por incêndios, desmatamentos e outros acidentes naturais. “Isso exige georreferenciamento – previsto na Resolução CFT nº 089/2019 –, além de voos com drones e levantamentos por meio de equipamentos topográficos; enfim, os mapas disponibilizados pelo SIRENEJUD são de grande contribuição para nós que atuamos diariamente nessas atividades”, conclui o Técnico em Agrimensura. Ele também foi
reeleito conselheiro regional pelo CRT-SP.

Para saber mais sobre o SIRENEJUD, clique aqui.

Últimas notícias

Técnicos em Instrumentação: atribuições esclarecidas pela Resolução CFT nº 260/2024

Profissionais responsáveis por implantar, configurar e manter sistemas de instrumentação e controle de processos industriais atuam em indústrias como automobilística, petroquímica e energia (mais…)
Ler mais...

Projeto Divulga Técnico: “As Oportunidades do Ensino Técnico”

Com o sucesso do projeto-piloto realizado em Campos do Jordão, Projeto Divulga Técnico chega a São José dos Campos para incentivar o ingresso de estudantes…
Ler mais...

Sessão solene no Pará em celebração aos seis anos do Sistema CFT/CRTs

A convite do CRT-02, presidente do CRT-SP participa da sessão solene e reforça a importância da valorização da profissão perante a sociedade (mais…)
Ler mais...

SIRENEJUD: novas funcionalidades a serviço do meio ambiente

  • 15 de agosto de 2022

Técnicos em Meio Ambiente e Técnicos em Agrimensura podem se beneficiar das novas funcionalidades do sistema

Técnicos em Meio Ambiente e Técnicos em Agrimensura podem se beneficiar das novas funcionalidades do sistema

Desenvolvido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) o painel interativo SIRENEJUD é uma espécie de “observatório do meio ambiente”, pois compila informações e permite aos usuários visualizar dados sobre violações ambientais, como poluição, desmatamento, garimpo e uso ilegal da terra, incêndios florestais e outros crimes previstos em lei aplicados contra a natureza.

Mais duas funcionalidades foram incorporadas ao sistema no dia 9 de agosto de 2022 por ocasião do Observatório do Meio Ambiente e das Mudanças Climáticas – reunião que envolve representantes de órgãos públicos, sociedade civil e organizações internacionais que trabalham com questões ambientais – transmitido ao vivo pelo canal do CNJ no YouTube: Relatórios Geográficos e Relatórios de Sobreposição de Área.

Os relatórios geográficos são originários de cruzamentos entre os alertas de desmatamento e os polígonos de terras indígenas e unidades de conservação; e, segundo o ministro Luiz Fux, atual presidente do CNJ, “a ferramenta permite identificar e ranquear as áreas mais atingidas por desmatamentos, sendo possível a consulta por cada estado. Por sua vez, os Relatórios de Sobreposição de Área disponibilizam e identificam eventuais inconsistências nos polígonos autodeclarados do Cadastro Ambiental Rural (CAR), permitindo verificar sobreposições em unidades de conservação, terras indígenas e terras quilombolas. “Destaco a relevância dessas ferramentas, que podem ser acessadas por especialistas e pela sociedade civil, no monitoramento das questões ambientais e da transparência dos dados”, disse o ministro por ocasião do lançamento.

Daiana Romanini e João Batista dos Reis, respectivamente Técnica em Meio Ambiente e Técnico em Agrimensura, modalidades de profissionais beneficiadas

E os Técnicos Industriais – Essencialmente, duas modalidades de profissionais técnicos podem se beneficiar dessas novas funcionalidades do SIRENEJUD: os Técnicos em Agrimensura, cujas atribuições são definidas pela Resolução CFT nº 089/2019 e, principalmente, os Técnicos em Meio Ambiente, com atribuições esclarecidas pela Resolução CFT nº 110/2020. “O painel permite visualizar dados sobre violações ambientais com cruzamento de dados e georreferenciamento, identificando áreas de proteção ambiental, municípios com maior incidência de desmatamento, informações sobre terras indígenas e quilombos, entre outras informações; também são gerados alertas para auxiliar o diagnóstico de violações ambientais, aprimorando a tomada de decisão referente ao tema”, relata a Técnica em Meio Ambiente Daiana Romanini, proprietária de uma empresa de controle de pragas que presta serviços para outra empresa do ramo que, por sua vez, atende várias indústrias e multinacionais do setor de alimentos. “Esse acervo de informações permitirá ainda o cruzamento de dados geoespaciais, e a produção de relatórios de inteligência para a atuação estratégica e eficaz do Poder Judiciário na tutela do meio ambiente”, acrescenta a também conselheira, que está sempre se atualizando para o exercício de sua profissão.

Para João Batista dos Reis, o SIRENEJUD facilita muito o trabalho dos profissionais envolvidos, sobretudo no que tange a levantamentos topográficos relacionados a focos e áreas degradadas por incêndios, desmatamentos e outros acidentes naturais. “Isso exige georreferenciamento – previsto na Resolução CFT nº 089/2019 –, além de voos com drones e levantamentos por meio de equipamentos topográficos; enfim, os mapas disponibilizados pelo SIRENEJUD são de grande contribuição para nós que atuamos diariamente nessas atividades”, conclui o Técnico em Agrimensura. Ele também foi
reeleito conselheiro regional pelo CRT-SP.

Para saber mais sobre o SIRENEJUD, clique aqui.

Últimas notícias

Técnicos em Instrumentação: atribuições esclarecidas pela Resolução CFT nº 260/2024

Profissionais responsáveis por implantar, configurar e manter sistemas de instrumentação e controle de processos industriais atuam em indústrias como automobilística, petroquímica e energia (mais…)
Ler mais...

Projeto Divulga Técnico: “As Oportunidades do Ensino Técnico”

Com o sucesso do projeto-piloto realizado em Campos do Jordão, Projeto Divulga Técnico chega a São José dos Campos para incentivar o ingresso de estudantes…
Ler mais...

Sessão solene no Pará em celebração aos seis anos do Sistema CFT/CRTs

A convite do CRT-02, presidente do CRT-SP participa da sessão solene e reforça a importância da valorização da profissão perante a sociedade (mais…)
Ler mais...